Girl From Sao Paulo

"you are crossing the tropic of capricorn".

01 May 2006

the greenest grass


Estou com muitas saudades do marido, que se encontra em Londres fazendo um projeto. O trabalho não difere muito do que ele já faz aqui, e tudo está indo de acordo com o que tinha sido combinado. Os horários são cumpridos, a equipe segue o planejado, o trabalho sai e todos os dias pelas 18:00hs eles ficam livres para fazer outras coisas alem do job. Ele nunca tinha ido a Londres e conta que está apaixonado pela cidade, onde se encontrou com alguns amigos ingleses que nada tem a ver com o trabalho. Foi em museus, restaurants, pubs, passeou em parques publicos e visitou alguns pontos turisticos. Diz ele que apesar das regalias do Brasil (comida deliciosa, empregadas baratas, botequins da vila madalena, calor humano) a qualidade de vida lá parece superior por conta dessa organização de respeito mutuo que os ingleses dedicam ao trabalho e ao lazer. Ele sempre fica entusiasmado quando viaja, especialmente a trabalho e de vez em quando mergulha em fantasias elaboradas que tem de ver com uma mudança radical para … Paris, por exemplo. Eu dou a ele todo o meu apoio, chego até a ajudar a esboçar planos e cronogramas de partida, porque nessas horas nem adianta explicar a ele minha intenção de continuar aqui. Para quem tem filhos, as coisas por aqui são mesmo mais fáceis, por conta do calor humano, das empregadas, do clima. O trabalho podia sim ser um pouco mais organizado, ter prazos melhores, ser em suma menos sofrido. Adoro o brasil, gosto demais do meu trabalho e da minha equipe, tenho amigos queridos e acho que tenho uma vida legal, mas entendo o ponto de vista do marido, principalmente porque aqui nunca conseguimos tomar aquela tão planejada caiprinha no Jockey Clube ao por do sol. Com uma semana de Londres, fazendo o mesmo tipo de trabalho que faz aqui, ele já conseguiu várias guiness antes do sol se por. Quando se está em outro universo, os valores se misturam e a gente se questiona. Isso por si só, já é um excelente motivo para viajar, para podermos sacudir nossos valores e ver onde eles caem.

Fica a pergunta: o que é então qualidade de vida?
Pra minha mãe, é ter saude.
Pra minha sobrinha é ter brinquedos.
Pra alguns membros da familia, é ter dinheiro.
Pra outros membros da familia, é ter poder.
Pra minha empregada, é ter casa propria.
Para os donos da produtora onde eu trabalho, é ter jobs.
Pra minha equipe, é ter dias de folga.
E assim vai…..
E eu acho no fundo o mesmo que todos acham: Qualidade de vida é ter amor, amigos, familia, um trabalho gratificante, coisas boas pra fazer, dinheiro, tempo para o gastar e saude. O que varia entre cada pessoa é a porcentagem desejada para cada uma dessas coisas. E o que define o lugar que tem a melhor qualidade de vida, seria então o que atendesse melhor suas porcentagens.
Caipirinhas e guiness, a gente consegue em qualquer lugar.

3 Comments:

At 3:05 PM , Anonymous karen Miranda said...

qualidade de vida tb eh ter amigas como vc!
bisoux

 
At 10:51 PM , Anonymous Jenny said...

so well put...so beautiful and poignant...you are so poetic and beautifully expressive you should post more blogs to serve as therapy for others.
love you

 
At 4:50 AM , Anonymous Fa said...

Nossa, espetaculares seus textos, você escreve muito bem, e de uma forma extremamente sincera! Sou apenas um garoto, mas adimiro muito o modo como você vê a vida e encara as coisas e dificuldades do seu dia a dia. Adoro a discução sobre qualidade de vida, é algo que me toca muito e sempre estou discutindo comigo mesmo.
Talvez, qualidade de vida seja algo relativo e imaginario. Sempre existirá alguem pior e sempre existirá alguem melhor. A questao acho, é nao nos compararmos, e buscarmos seja lá quais forem os nossos objetivos. Eu por exemplo acho, que só estou completo quando consigo me expressar atravez da arte, da musica. Do piano no meu caso. É quando eu sinto que nao preciso de parametros para nada, que tocar por tocar se basta. Independente de todo o resto, real ou imaginario.

Espero nao ter escrito algo muito grande e sem sentido. Garota de Sao Paulo, você é anonima, mas ta na cara, pelo que escreve, que é uma pessoa muito especial. Que ve o mundo de uma forma como poucas veem, conseguindo perceber varios lados de uma mesma questao. Obrigado por existir e escrever esse blog.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home