Girl From Sao Paulo

"you are crossing the tropic of capricorn".

03 September 2008

velha europa

Voltamos há mais de um mês, mas muitos detalhes das férias ainda permanecem vivos na memória sensorial. Alguns vão se apagando, mas para certas coisas a gente sempre vai olhar de forma diferente.
Vinho passou a carregar toda a história de sua origem e todo o sentimento que associamos ao lugar.
Sentir no rosto a força do vento que sopra em multiplos de tres dias na região do Luberon faz parte de entender o sabor de um Chateneuf du Pap.
Andar pelas florestas e vilarejos de pedra cor de mel dos Pirineus ajuda a apreciar a robustez de um Rousillon, e quando se observam as pequenas e indefesas vinhas que sobrevivem no limiar entre a terra e o mar na cidade de Colares começa a verdaderia compreensão pelo delicado sabor do vinho que dali sai. Estas observacões vem do meu instinto, pois de vinhos pouco entendo.
Cada pais não é mais a soma de suas partes e sim os detalhes que se perdem quando a gente vai como turista sem se aventurar pelas veredas desconhecidas. Por isso foi tão bom andar de carro, passear nas ruas como se pertencendo a elas, tentar falar a lingua de cada lugar, e comer as coisas que nos foram oferecidas. O coelho no vinho, o foie grass, o confit de pato, os scones com devon cream, o cozido a portuguesa, o leitão, a pizza....delicias que aos poucos tento copiar.
Desde que voltei, já relatei fragmentos da viajem quando me perguntaram. Mas o que percebo frequentemente é que mais do que ouvir minha experiencia, as pessoas gostam de refletir sobre suas proprias. Desde a amiga que ao ouvir falar sobre Paris, logo partiu para contar as aventuras que acabou de ter a sós com sua filha, o amigo que re-lembrou uma antiga paixão em Barcelona, até uma tia que me contou em detalhe uma viajem que fez pela europa no ano de 1990. Essas pessoas ainda não sabem sobre a nossa, mas fiquei feliz de ser motivo de elas voltarem ao passado. Provavelmente eu vou lembrar muito desta viajem e soltar detalhes no futuro, quando alguem voltar de um dos lugares onde eu fui.
Então, para os que quiserem saber,vou tentar escrever sobre cada lugar e postar uma receita copiada e já testada em casa. Assim quem quiser pode tentar em sua propria.

0 Comments:

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home