Girl From Sao Paulo

"you are crossing the tropic of capricorn".

21 July 2006

5 sentidos - olfato


Uma das minhas memórias olfativas mais antigas tem a ver com eucaliptos. Durante minha infância inteira passei ferias com meus avós. Saía da minha cidade a beira-mar para ingressar nas planícies de terras cobertas por ondulantes searas de trigo ou cevada. Como saiamos cedo, eu adormecia antes de atravessarmos a ponte. Acordava depois com o cheiro dos eucaliptos que ladeavam as estradas kilométricas e sabia que tinhamos chegado ao lugar amado. Eventualmente, minha vida me levou a outros ares e flora. Um dia andando pelo Soho em NY, entrei em uma loja de decoracão e me deparei com um sabonete de essencia de eucalipto. Levei a barra ao rosto, fechei os olhos e estava de volta aos anos 70, ao verão, a suave brisa de final de tarde, ao cantar dos rouxinóis. Estava com meus avós.
Como é possivel que meia duzia de moleculas tenham o poder de me levar de volta ao inacessivel mundo do passado?

De todos os nossos 5 sentidos, o olfato é o mais primitivo e o que mais diretamente afeta a memoria. Cada ser humano tem seu cheiro, sua impressão digital olfativa.
Quase todos os cheiros se encaixam em uma das seguintes categories básicas, como cores primárias: MENTOLADOS (hortelã e erva cidreira); FLORAIS (rosas e violetas); ETEREOS (peras e baunilha); MUSK (glandula sebacea do Moschus moschiferus, um mini-veadinho dos himalaias); RESINOSOS (cânfora e naftalina); PUTRIDOS (ovo podre) e ACIDOS (vinagre e limao).
Alguns animais como o cachorro por exemplo, conseguem distinguir 40 vezes mais cheiros do que o homem e me pergunto: se um weimaraner consegue sentir 40 vezes mais cheiros do que eu, que cheiros eu estou deixando de sentir?

A mulher tem maior sensibilidade olfatória do que o homem. Cada um tem o seu senso de cheiro, e o odor de uma rosa pode ser suave para mim e agressivo para você. Nosso paladar é totalmente ligado ao olfato, experimente tomar um suco com o nariz fechado. No caso de alguns animais, uma parte proporcionalmente maior do cerebro é dedicada ao olfato, justamente por esse sentido ser tão vital a sobrevivência.

Alguns pesquisadores notaram que grande parte do prazer de beijar tem a ver com acariciar o rosto para sentir os aromas que dele exalam. Em algumas tribos (Borneo, no Rio Gambia da Africa ou em Burma por exemplo) a palavra “beijo” é a mesma que “cheiro”. O beijo é o prolongamento do ato de cheirar. E o que nos atrai uns aos outros as vezes é tão inexplicável quanto decifrar os hormônios que pilotam nossos sentimentos. Mas uma coisa é certa, mesmo na presença do maior objeto de desejo se os hormônios não forem compatíveis, nosso desejo diminui. Nessa avaliação instantânea a atração física tem menos influencia do que a atração química. Quantas vezes ouvimos o termo "a química não bateu"?
Feromônios.
Feromonio é uma substancia quimica produzia pelo organismo que sinaliza a presença desse a outros da mesma espécie com o intuito de facilitar a aproximação sexual. (Grego: pherein-carregar horman-excitar). Eles disparam o cio, aumentam desejo e disponibilizam ao ser amado nosso libido sem nos comprometer. No popular, feromônios são a matilha do desejo. O uso de perfume confunde todo o processo, mas aos poucos com a transpiração os cheiros se definem.
Eu adoro cheirar o pescoço do filho enquanto ele dorme. O cheiro doce e suave me entontece e me enche de paz. Sou um mamífero.

Na Bahia um beijo é um cheirinho. Um cheirinho a todos então, e até o proximo sentido.

2 Comments:

At 9:44 PM , Anonymous Julius said...

Acho que cheguei a sentir o "cheiro" desse texto.Não dou muita atenção a orkut, mas hoje nele descobri seu mundinho na net.E como ele é agradavel e bem escrito.
Bjo!

 
At 11:22 AM , Blogger Mats said...

Quem disse que o olfacto é o "mais primitivo"?

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home