Girl From Sao Paulo

"you are crossing the tropic of capricorn".

11 November 2012

confiança

Há alguns anos, soube de uma história que aconteceu em São Francisco durante um evento sobre publicidade. A palestra mais esperada era a do Tony Kaye, que falaria sobre a contribuição que um diretor de cena traz para o processo. O Tony tem volumes a dizer sobre esse assunto, e acho que sou uma de muitos de admiram o seu trabalho. Então, não foi grande surpresa quando ele lotou a sala de convenções desse evento em Nob Hill. Depois de ser anunciado pelo apreentador, subiu ao palco, e permaneceu calado por uns momentos. Tony é um homem de poucas palavras, então para não perder nenhuma silaba, a plateia se silenciou. Tony inclinou-se para o microfone, falou: "Trust" e calmamente caminhou para fora do palco. A plateia permaneceu quieta, aguardando alguma mostra performática ou conceitual. Entretanto lá fora, Tony Kaye pulava no primeiro taxi que o levasse para algum outro lugar. Trust. Confiança. O ato de acreditar que algo vai dar certo quando ainda não existe prova para tal. Uma espécie de fé, se quisermos. Eu aposto que algo vai acontecer de determinada maneira, apesar de não haver garantia para que de fato assim seja. Eu confio que o seu bom senso vai nos levar até ao objetivo que traçamos juntos. Não é um conceito facil de abraçar. Alguem precisa dar o primeiro passo. Alguem me confia algo. Eu entrego o que alguem esperava. E quando ao final chega a prova de que nossa aposta deu certo, é muito bom. O problema é que hoje em dia está cada vez mais dificil confiar e ser confiado. O diretor de criação que escolhe o Tony Kaye para trazer um olhar unico a seu filme, quer participar do processo e avaliar essa confiança a cada etapa. E ajustar cada momento para direcionar o resultado. Queremos provas, garantias. E por definição, se houver garantia, não precisa haver confiança. Afinal, se todos tivessemos provas de que Deus existe, para que serviria a fé? Eu tenho o grande pervilégio de um circulo de pessoas em quem confio. Não sei a toda a hora qual será o resultado de cada uma de suas ações. Mas confio que vai ser bom para todos. E nas vezes em que eu mesma desconfiei da confiança que depositei em alguem, lá veio a inquestionável prova de que eu estava certa em não ter confiado. Confiança comprovada. Mas o melhor de tudo é a confiança de que as vezes as coisas vão acontecer de forma melhor do que tinhamos esperado. Viver não oferece garantias, e vamos descobrindo ao longo dos nossos dias que a unica garantia que temos é que morreremos um dia. Então, vamos viver mais felizes. Confiar mais. Trust me!

1 Comments:

At 11:54 AM , Blogger vanessa grigoletto said...

Confiança é um grande exercício, requer prática, e requer antes de tudo auto confiança, o que tiver que ser será.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

Links to this post:

Create a Link

<< Home